terça-feira, 19 de maio de 2009

Jesus em forma de Cheetos?


http://colunas.epoca.globo.com/bombounaweb/2009/05/19/casal-acha-salgadinho-com-a-forma-de-jesus/

Não quero aqui repudiar, nem recriminar o casal que achou o tal salgadinho. Nem reclamar do tipo de cobertura que a mídia deu ou dará o caso. Lanço apenas uma pergunta: Por que procurar Jesus em sinais no lugar de conhecer o que ele fez enquanto esteve na Terra (por meio da leitura do Evangelho)?

Qual Jesus queremos conhecer? Um comestível e salgado? Um comercial, como o Deus-menino da música natalina? Um sofrido e derrotado, como o pendurado em crucifixos?

Creio que Ele passou três anos (relatados, 33 vividos) na Terra e não foi por acaso. Acredito nisto: Ele está ao alcance de todos. Basta ler o livro mais vendido do mundo.

3 comentários:

Celia Rodrigues disse...

Olá, Victor!

Fico feliz que tenha voltado a escrever por aqui. Afinal, este está entre os blogs que valem a pena ser lidos. Estou tentando dar um novo fôlego ao Prisma, depois de um tempo de crise de inspiração. Vamos ver.

Nosso país é mesmo muito místico e esse misticismo atinge até os meios ditos cristãos. Há muito mais gente querendo "sentir" e "ver" Jesus de alguma forma do que conhecê-lo através da Bíblia.

Abraço!

Raphael disse...

Eae Victão!

Assim como a Celia, fico feliz que voce tenha voltado a escrever por aqui, pois sei, que através do seu talento como jornalista seus textos podem inspirar e ajudar muitas pessoas que, muitas vezes, nao tem oportunidade de conhecer a palavra da forma que nos é apresentada.
Concordo com o que voce apresentou, sobre a maneira em que Jesus é apresentado às outras pessoas e sei que com essa reportagem, os leitores relfetirão sobre o assunto em questão.

Um Abraço

Raphinha ;)

leo268 disse...

huahuahuh eu achei engracado.. Cheetos...